Ipiranga

Migração tecnológica de software para Ipiranga

A Distribuidora de Produtos de Petróleo Ipiranga contratou a DBServer para o desenvolvimento de um processo de migração de plataforma tecnológica.

O software de controle gerencial e financeiro foi migrado para a rede de postos de serviços com franquias Am/Pm e JetOil. Apresentando e implementando as melhores práticas na realização e gerenciamento de projetos, a DBServer entregou uma versão reformulada do software Wincash.

A eficiência e as vantagens do novo produto superaram as expectativas da Ipiranga. Resultado disso é que o software também foi homologado pela Companhia Brasileira de Petróleo Ipiranga, tornando possível sua utilização em âmbito nacional. O sistema gerencia toda a retaguarda financeira e consolida todas as informações gerenciais que circulam no cotidiano de um posto de serviços.

Originalmente, o software que a Ipiranga dispunha possuía base de dados Access, integração manual de dados entre módulos e processo de delivery manual.

Com a entrada da DBServer como parceira no projeto de automação comercial, com o objetivo focado em adaptar o software aos requisitos de qualidade da Ipiranga e às novas funcionalidades propostas, o novo produto passou a suportar atributos de uma ampla evolução.

A nova versão tem total compatibilidade funcional com os demais módulos da versão anterior, porém ganhou notáveis melhorias no processo de integração de dados e na instalação e controle de versões. O Wincash está habilitado para o modo multiusuário, com interface de usuário uniformizada, além de ter a sua base de dados em banco de dados relacional SQL Server, tornando-o mais robusto e confiável.

A DBServer também simplificou a manutenção do software e tornou a realidade do custo de atendimento bem menor, por possibilitar a sua atualização, administração e suporte de forma remota. Foi inserida, como subproduto do projeto, uma metodologia de testes e delivery do software, junto à equipe da Ipiranga.

Nessa metodologia, foram empregadas ferramentas Rational que garantiram, de forma automática, um processo de Software Quality Assurance (SQA), para a realização dos testes unitários e integrados e durante a homologação. Como consequência, a quantidade de erros por liberação de versão foi reduzida a uma quantidade muito pequena em todos os releases do sistema, bem como trouxe significativo ganho de tempo nas instalações.

Solicite um contato comercial

Outros Clientes